Início / Noticias / Património Arqueológico de Cascais ligado em rede

Património Arqueológico de Cascais ligado em rede

14 Jan 2021
Lisboa Romana é um projeto sobre a presença romana nos municípios da Área Metropolitana de Lisboa

Lisboa Romana é um projeto sobre a presença romana nos municípios da Área Metropolitana que pretende ser uma referência no âmbito da investigação e conhecimento relativos a este período e, ao mesmo tempo, dar a conhecer ao público todo este património, que tem ainda muito por estudar.

A partir desta quinta-feira, 14 de janeiro, todos os achados arqueológicos inventariados por Cascais, referentes ao período contemplado no projeto – final da Idade do Ferro até à Alta Idade Média - encontram-se plasmados em www.lisboaromana.pt.

Para além dessa inventariação em rede, existe também uma ligação direta, nos dois sentidos, entre o site do projeto e o site Cascais Cultura que permite ao público explorar o Património Arqueológico de que o concelho de Cascais é rico em vestígios.

O património arqueológico concelhio, fruto da intensa ocupação humana que se tem verificado desde o Paleolítico, incluído o período romano agora em destaque, reúne, assim, um conjunto diversificado de sítios de cronologias e tipologias distintas, bem como o espólio proveniente das várias estações arqueológicas identificadas.

Reportando-nos somente ao período abrangido pelo Lisboa Romana, disso são exemplo as Cetárias Romanas, a Villa Romana de Casais Velhos, a Villa Romana de Freiria, entre muitos outros sítios romanos que pode consultar aqui e com ligação direta ao site Lisboa Romana.

Esta ligação em rede permitirá também ao "viajante no tempo" definir rotas pré-estabelecidas – longas ou mais curtas – partindo de Cascais e passando por todos os municípios da Área Metropolitana de Lisboa (ou vice-versa) que apresentem no seu território os vestígios selecionados pelo "viajante". Por exemplo, se o interesse for visitar as Cetárias Romanas existentes nos municípios da Área Metropolitana de Lisboa, o interessado poderá seguir as rotas pré-estabelecida para o efeito no site do projeto.

Neste momento decorrem várias escavações arqueológicas na região que têm permitido ampliar o conhecimento sobre o funcionamento e a vida na antiga Felicitas Iulia Olisipo, nome atribuído pelos romanos ao município, cuja área correspondia à atual Área Metropolitana.

Para potenciar esse conhecimento do ponto de vista científico mas também turístico o projeto criou uma rede local, envolvendo responsáveis públicos e privados, como universidades e centros de investigação e uma rede metropolitana que inclui, para além de Lisboa, 20 municípios vizinhos: Alcochete, Alenquer, Almada, Amadora, Arruda dos Vinhos, Barreiro, Cascais, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira.

Com a disponibilização do website torna-se possível identificar todos os sítios arqueológicos de época romana no território abrangido, bem como ligar em rede o património arqueológico dos concelhos envolvidos.

+ Sobre cascais

Cascais