Início / Noticias / 1º de Maio de Tires comemora 100º aniversário e apresenta projeto “Casa das Artes Carlos Martinho”

1º de Maio de Tires comemora 100º aniversário e apresenta projeto “Casa das Artes Carlos Martinho”

02 Maio 2019
“Tires é muito ajudado por ter estes movimentos associativos com tanta força”, disse Carlos Carreiras, presidente da Câmara de Cascais, no final da cerimónia.

"Parabéns ao 1º de Maio de Tires, são 100 anos, é um aniversário marcante, uma data que faz com que não só honremos as gerações que passaram ao longo destes anos, mas também muito especialmente 100 anos de muita atividade, com lideranças também muito afirmativas" salientou o autarca.

O Grupo Recreativo e Dramático 1º de Maio de Tires assinalou no dia 1 de maio o seu 100º aniversário com um programa de atividades aberto à participação da comunidade. Apresentou ainda o projeto da "Casa das Artes Carlos Martinho", espaço que servirá para o ensino de música, de dança, ensaio da banda e com vários gabinetes de apoio à comunidade.

Na sessão solene estiveram presente Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, Joana Pinto Balsemão, vereadora, Maria Fernanda Gonçalves, presidente da Junta de Freguesia de S. Domingos de Rana, Filipe Figueiredo, presidente da direção do GRD 1º de Maio de Tires, André Ferreira, presidente da assembleia da coletividade, o sócio nº1, João Rosa, e António Borges, representante da Confederação das Coletividades.

Durante a cerimónia foram homenageados vários sócios, e apresentado o livro do centenário, por João Miguel Henriques, coautor, chefe de divisão de Arquivos, Bibliotecas e Património Histórico da CMC.
Após a cerimónia solene, procedeu-se ao descerramento do outdoor do lançamento do projeto "Casa das Artes Carlos Martinho". Um espaço que virá complementar as instalações do 1º de Maio, permitido à coletividade alargar as suas valências e prestados serviços à comunidade.

Para o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, no mesmo concelho existem ainda assimetrias, diferenças de qualidade de vida, de oferta de serviços públicos e de equipamentos públicos que certos territórios têm versus outros que não têm. Daí a necessidade de apostar em novos equipamentos nesta zona do concelho, realçou o autarca.

"Ao contrário de Cascais, Estoril e Alcabideche, que por razões históricas e do tempo, nos últimos anos tiveram um desenvolvimento muito forte em termos de investimento, que foi aplicado nessas mesmas freguesias. Carcavelos, Parede e muito especialmente S.Domingos de Rana ficaram "esquecidos" desse investimento durante muito tempo". Carlos Carreiras realçou ainda:" não haja dúvidas, não se combate as diferenças, se não existir investimento, se não existir condições para captar investimento privado e público, neste caso camarário. Este equipamento cultural insere-se no plano da autarquia de desenvolver esta parte do concelho" salientou.

Esta coletividade foi criada a 1 de Maio de 1919, com o objetivo de promover atividades recreativas, culturais e desportivas. As suas atividades principais começaram pela área da música e o teatro amador que posteriormente se alargaram a outras áreas de atuação, nomeadamente ginástica, cinema, ciclismo, animação cultural, e os festejos dos Santos Populares que obtiveram sempre uma grande adesão da população. A história do Grupo Recreativo e Dramático 1º de Maio de Tires está intimamente ligada à própria história do desenvolvimento sociocultural da povoação de Tires. Várias gerações aprenderam aqui o verdadeiro sentido da palavra Cidadania.

Marisa Gonçalves, vice-presidente da direção do 1º de Maio, visivelmente emocionada, :" neste dia em que o 1º de Maio faz 100º ano, é de muita alegria, de muita emoção e sentido de dever cumprido. Um orgulho enorme e fazer parte desta casa, ser desta terra".

+ Sobre cascais

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascais